Serigrafia l Cícero Dias

R$ 2.700,00

Serigrafia do artista Cícero Dias, tiragem 34/200, emoldurada.

[86,5 x 70,6 cm – dimensão com moldura]

Compartilhar

Artista e professor, Cícero Dias nasceu em 1907 em Escada, Pernambuco e faleceu em 2003 em Paris. Mudou-se para a capital carioca ainda jovem, aos 13 anos de idade, e passou a estudar na Escola Nacional de Belas Artes em 1925. No ano seguinte estabeleceu contato com intelectuais do Movimento Regionalista. O início de sua carreira reflete o momento de grande efervescência cultural pelo qual passava o Brasil com a chegada de ideias vanguardistas e com a elaboração do modernismo brasileiro. Seu envolvimento com as ideias da época refletem na sua colaboração com a Revista de Antropofagia, em 1929.

No final da mesma década foi preso pela ditadura estadonovista, ocasião que levou o artista, incentivado pelo colega Di Cavalcanti, a mudar-se para Paris, onde criou relações com grandes nomes do modernismo mundial, como Georges Braque, Fernand Léger, Henri Matisse e Pablo Picasso. Após a invasão nazista em Paris, foi detido e libertado em troca de prisioneiros alemães, quando passou a morar em Portugal. Na segunda metade dos anos 40 retornou à capital francesa, onde integrou o grupo Espace, da Escola de Paris, envolvendo-se com correntes abstracionistas. Retornou ao figurativismo em 1960. 

Sua produção pode ser organizada em fases, que refletem o seu alinhamento com diferentes ideias de vanguarda. Entre as mostra que participou estão duas edições da Bienal de Veneza nos anos 50 e quatro edições da Bienal de São Paulo, entre as quais, em 1965, foi homenageado, ocupando uma sala especial.

Carrinho de compras